Os maiores erros de lojas virtuais para você NÃO cometer em 2019

Criar uma loja virtual é uma das tendências do mercado digital atualmente, porém, nem todos conseguem ter êxito por falta de conhecimento ou experiência. Para que você não falhe na criação da sua loja, vamos te apresentar os maiores erros de lojas virtuais.

Leia com atenção até o final.

Os maiores erros de lojas virtuais estão no planejamento, parece que esse é o ponto fraco da maioria dos empresários brasileiros. Isso advém das lojas físicas e parece que continuou nas lojas virtuais.

Esses erros se refletem em números desesperadores, algumas pesquisas indicam que aproximadamente 60% das lojas virtuais abertas não chegam a atingir um ano de vida. Geralmente isso acontece porque os empreendedores se lançam no e-commerce sem conhecer a fundo as suas particularidades e sem traçar uma estratégia que atenda as necessidades do seu público.

Para você entender de fato os maiores erros de lojas virtuais, vamos analisar os principais pontos com mais detalhes a seguir.

 

Montar uma loja virtual antes de validar o negócio

Esse é um erro comum entre empreendedores digitais, até porque muitos deles não sabem a diferença entre loja virtual e e-commerce.

O e-commerce é um modelo de negócio, o meio em que as vendas ocorrem. Já as lojas virtuais, é parte do e-commerce, onde ocorrem as vendas, a partir de um site, canais de venda e divulgação.

Tendo esse entendimento, fica mais fácil compreender um dos maiores erros de lojas virtuais. Imagine que e-commerce é um quebra-cabeça e a sua peça principal é a loja virtual, começando por ela, você tem muito mais chances de errar na montagem do quebra cabeça, a melhor estratégia é iniciar pelas peças laterais.

Ou seja, é necessário criar toda uma estrutura para servir de base para o desenvolvimento de todo o resto, no e-commerce é a mesma coisa, iniciar sua estrutura pela loja virtual significa pular etapas para a validação do negócio.

Entenda que o sucesso de um negócio está em sua validação, comprovando que a sua audiência está engajada, que seus produtos são bem aceitos e que seu conteúdo é de qualidade, você consegue construir uma base sólida com mais facilidade e tendo mais chances de fazer o negócio crescer.

 

Focar demais no produto e esquecer o cliente

É normal, mas muitas pessoas quando estão iniciando suas lojas focam muito mais nos produtos do que em quem realmente importa, nos seus clientes.

Saiba que o princípio básico da gestão de qualidade é entregar excelência ao cliente. Assim, se tornando o verdadeiro termômetro para medir a real situação de uma organização no mercado.

Com certeza esse é um dos maiores erros de lojas virtuais porque ele é grave, pois esquecendo do cliente, você não consegue ter um bom atendimento. A consequência disso é que a sua audiência pare de comprar de você e passe a procurar os seus concorrentes.

Por isso, um dos pilares para um negócio de sucesso é um ótimo relacionamento com os clientes. De nada adianta produtos de qualidade, sem clientes, não há venda e sem venda a sua loja virtual não consegue se manter.

Para se atentar a esse grave erro, você deve evitar que o seu público-alvo associe a sua loja a características negativas, como: Produtos de baixa qualidade, preços abusivos, informações erradas no site ou tempo de entrega muito maior que o normal. Evitando esses erros, você consegue construir uma audiência fiel que está sempre disposta a comprar na sua loja virtual.

 

Não ter boas estratégias de marketing

É extremamente importante entender que o marketing deve ser explorado, a fim de entregar valor para satisfazer as necessidades do mercado, isso é o básico para identificar e atender as necessidades do público.

Por isso, ter estratégias de marketing bem definidas para o seu negócio, vai te ajudar a definir o que fazer e quando fazer.

Fidelidade do consumidor, aumento das vendas e fortalecimento da marca são os principais benefícios ao adotar ações de marketing bem-feitas. Se você pretende ter um negócio bem-sucedido e evitar maiores erros de lojas virtuais, você precisa direcionar uma boa atenção para esse setor.

 

Não investir em design

Ainda próximo ao marketing, é preciso falar da aparência de sua loja virtual, pois isso ele é um dos fatores mais importantes na hora de ter um negócio saudável. Afinal, será a primeira coisa que o seu cliente irá ver, porém, um layout bonito e agradável não vai manter o interesse nele pela sua loja. Você deve se atentar a três pontos principais para não perder o cliente logo na home do seu site.

  • Responsividade: Já não é mais novidade que a maioria dos acessos aos sites vem de dispositivos móveis, e seu uso não se resume a mídias sociais e aplicativos de comunicação. Cada vez mais, o público está usando o smartphone para transações bancarias e compras online, ter um design responsivo é obrigatoriedade nos dias atuais.
  • Usabilidade: O design responde por boa parte da usabilidade de um site, é bem normal e já deve ter acontecido com você, de um cliente ter abandonado um site por ter dificuldade de navegação. Para você ter uma loja virtual com boa usabilidade, as páginas devem ser dinâmicas, com compras realizadas em poucos cliques e com os principais botões bem visíveis.
  • Equilíbrio: É essencial uma boa composição de cores, imagens e fontes, assim direcionando para a sua marca. A primeira coisa a se pensar no design, é manter uma composição agradável aos olhos do cliente.

 

Erro na precificação

Sabendo da grande importância do marketing e do design da sua loja, vamos falar de um dos maiores erros de lojas virtuais, a definição do preço dos produtos.

Se você tem dificuldade nessa etapa ou se você está errando, sugiro fazer o seguinte exercício:

Visite uma loja física de um grande varejista, escolha 3 produtos e anote seus preços. Depois verifique sua loja virtual e confira os mesmos produtos, perceba que eles oferecem preços diferentes.

É normal que grandes marcas utilizem preços distintos para e-commerce e lojas físicas. Isso se explica por alguns fatores, como: Custo operacional, impostos, concorrência e custo de logística.

Determinar o preço de cada produto de sua loja é uma tarefa que requer muita atenção, pois o objetivo básico é o aumento do volume de vendas e a geração de lucro. Muitos empreendedores apostam na prática do menor preço, para ter uma vantagem competitiva, mas isso pode levar um empreendimento a falência, principalmente se a precificação for feita de forma errada.

Sabemos que o consumidor brasileiro, principalmente o online, é muito sensível ao valor final e condições de pagamento, o que justifica isso, são as inúmeras plataformas de comparações de preços. Mas não se engane em focar apenas em vender barato, tenha o seu pensamento em mostrar valor para que você possa achar o preço certo de cada produto, pense que você precisa garantir a efetiva geração de lucro do seu negócio.

 

Poucas opções de pagamento

O pagamento é uma parte crucial na sua loja virtual, afinal, será ali onde o cliente irá finalizar a compra, e por isso ele precisa estar seguro do que está fazendo.

O problema é que em todo tipo de compra o cérebro fica alerta esperando que algo dê errado, se a sua loja não passar a credibilidade suficiente, o cliente pode desistir no último momento.

Por isso a importância de oferecer todas as opções de pagamento possíveis, desde o boleto até cartão de crédito, contando com os gateways de pagamentos mais famosos.

Não deixe de contar com bons sistemas de pagamentos, pois eles são ágeis e seguros, é fundamental que você use aqueles que o seu cliente já está acostumado a usar.

 

Não cumprir o prazo de entrega

Esse é um erro fatal, não antes da compra, mas depois, o que torna pior ainda.

Quando um cliente efetua uma compra em sua loja, ele espera que dê tudo certo. Ou seja, ela espera que o produto seja ótimo e que chegue no prazo prometido por você, quando isso não acontece ele acaba se frustrando e muito provavelmente ele não retornará a fazer negócios.

O que piora a situação é que se ele fizer depoimentos pela internet sobre esse caso, pode se tornar algo viral e você perder não apenas ele, mas outros possíveis clientes também.

 

Falta de monitoramento

Por fim, o último e um dos maiores erros de lojas virtuais, é a falta de monitoramento. Muitos donos de loja direcionam a sua atenção apenas nas vendas e quando acontece algo que não vai bem, não sabe o que aconteceu, justamente por não ter um monitoramento frequente.

Toda loja virtual precisa ter suas métricas constantemente monitoradas para que você consiga saber o que está acontecendo de fato no negócio. Não se trata de saber apenas o número de visitas na loja, mas identificar o perfil desse visitante e criar oportunidades de vendas para ele.

 

  • Se você identificou algum erro em sua loja virtual depois dessa leitura, parabéns, você ainda tem tempo para corrigir. O ideal seria você reavaliar toda a sua estratégia e encontrar possíveis falhas, para que você não faça parte dos empreendedores que falham com suas lojas virtuais.

Conhece um amigo que precisa ler esse conteúdo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *